SBK: Checa já sabe quando vai testar a Panigale

A estratégia da Ducati em termos de competição no Mundial de Superbikes para a nova 1199 Panigale é simples: experimentar e testar muito antes de a utilizar.

Sendo assim, e seguindo os passos de sucesso da 1098 em 2008 (relembramos que Troy Bayliss foi campeão nessa moto depois da Ducati a desenvolver em Superstock), a Ducati tem um plano de desenvolvimento bem definido e que, agora, já inclui o atual campeão SBK, o espanhol Carlos Checa.

De acordo com o responsável da Ducati Corse para as superbikes, Ernesto Marinelli, “o Checa ainda não testou a moto – uma coincidência estranha mas que não foi planeada. Esperamos poder preparar-lhe um bom teste em Junho. Todos os outros testes que temos planeados são muito próximos das corridas e a Panigale é uma moto muito diferente, com um ‘feeling’ diferente, portanto não queremos tirar a concentração do Carlos do campeonato que é o nosso principal objetivo. O teste do Carlos aos comandos da Panigale está marcado para Junho, em Mugello, logo após a ronda de Misano, fazendo parte do desenvolvimento da moto e de acordo com os habituais testes mensais que fazemos”.

Não se sabe qual o nível de desenvolvimento em que a versão SBK da 1199 Panigale se encontra mas, ao que tudo indica, a partir de Junho, em Mugello, será a primeira vez que os “ducatisti” vão poder observar como se comporta a versão mais desportiva e evoluída da nova superdesportiva da Ducati.

De momento o plano delineado pelo departamento de competição da marca continua inalterado: a Panigale apenas irá competir nas Superstock 1000 este ano (para além de marcar presença em certos campeonatos de velocidade nacionais) e, o facto de Carlos Checa testar uma versão superbikes da moto, não significa que os fãs poderão ver o espanhol a competir este ano com ela, pois para além de tudo o que já foi dito, a Ducati não pediu a homologação da moto para esta categoria.

Fonte: Motociclismo